terça-feira, 7 de junho de 2011

A Igreja e sua Origen


Bom Dia!


Ontem estive em um lugar muito especial, um culto no lar.
Alí pudemos nos reunir, trocar experiências sentir a presença de Deus, orar uns pelos outros e o melhor sem aquela religiosidade, sem mascaras e sendo o que realmente somos.
Quando comecei a pregar iniciei dizendo que alí eu estava retornando lá em 1998 quando tive as minhas primeiras oportunidades de falar sobre o evangelho de Jesus, e relembrei aos irmãos que a igreja é isso o que estavamos fazendo ali.
A Igreja de Jesus somos nós e devemos sempre lembrar a sua origem, os lares, as pessoas o ser humano adorando, louvando e servindo ao Senhor.
Sem máscaras, sem religiosidade, sem dogmas ou parâmetros humanos.
Lembrei-me do Pentecoste onde estavam todos reunidos em um lar e o Espírito Santo os visitou.
Falei sobre o servo do Senhor MOISÉS e da importância de ter intimidade com Deus,e deixar de viver de "Aparencias", as pessoas estão mantendo as aparencias e perdendo a sua intimidade.
Falei sobre o paralítico de João que estava a beira do tanque, foi curado por Jesus e quando perguntado sobre que te mandou levanatar ele não sabia responder, ou seja "milagre não produz intimidade'.
Hoje vemos uma busca desemfreada pelo maldito "reconhecimento humano" e com isso deixamos de lado os valores do verdadeiro evangelho.
Nem tudo que dá certo é certo!
Na presença de Deus não dá pra se fingir de Pregador, mulher de oração "Homem de Deus", pois na Santa presença de Deus a única coisa que falamos é "Aí de mim,pois estou perecendo" como disse Isaías.
Qual é o seu nome?
Deus perguntou a Jacó.
Não tem como fugir quando Deus pergunta pelo nosso nome, para outros você pode até responder o que não é , mais para Deus só tem como responder, meu nome é Jacó...
Que a cada manhã possamos nos despir dessa religiosidade medíocre e resgatar os valores do evangelho de Jesus!
A Graça e a Paz do Senhor Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário